quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Inseguro..

A incerta incerteza te desafia
Ela te chama alto
Gritando sempre mais e mais
Seu interior tem falhas
Você está quebrado, defeituoso
Mas sua unica falha que dói
É a que mais te atormenta
É a lixa que rasga a pele
Puxa devagar e de leve
A dor é suportável
Mas a tortura é desumana
Incertezas e Inseguranças
As dores mais presentes
As dores mais agudas
As dores da sua alma
As dores do seu coração
As dores de um amor.. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário